Publicado por: ceercomunicaciencia | 23/11/2012

O CIIMAR, em colaboração com o Aquamuseu do Rio Minho, debaterá com os agentes socioeconómicos a elaboração de um Documento Quadro de Gestão dos peixes migradores do norte de Portugal

Em decorrência de uma jornada, enquadrada no projecto europeu MIGRANET, aberto à participação e incorporação de propostas de entidades e pessoas implicadas na gestão e conservação dos peixes

Salmo salar Foto © Biopix: JC Schou

O Centro Interdisciplinario de Investigaçao Marinha e Ambiental (CIIMAR) da Universidade do Porto, en colaboração com o Aquamuseu do Rio Minho, organiza na próxima quinta-feira 29 de Novembro uma jornada de debate para a elaboração de um Documento Quadro de Gestão dos peixes migradores de Portugal-norte. Esta é uma iniciativa que se enquadra dentro do projecto Migranet, cofinanciado pelo Programa SUDOE através de fundos FEDER da União Europeia, para trabalhar na configuração de uma estratégia de cooperação conjunta na obtenção de dados sobre peixes migratórios.

Migranet permitirá conhecer o estado de conservação das populações destes peixes, as pressões existentes que actuam sobre elas e prever futuras mudanças de cenários perante as alterações climáticas e não climáticas no espaço do sudoeste europeu. Ademais, para atingir este objectivo, criou-se um Observatório das populações de peixes migratórios do espaço Sudoe que vele pela sua conservação e recuperação e pôs-se em marcha uma rede de controlo formada por vários rios de Portugal (Norte), Espanha (Galiza) e França (Aquitaine).

Presisamente, o objecto da jornada do próximo 29 de Novembro é transferir os resultados obtidos pelo Observatório depois de quase dois anos de funcionamento e reunir propostas para a elaboração de um Documento Quadro de Gestão e Conservação dos recursos que editar-se-á e entregará à administração pública competente. O encontro dirige-se a expertos, imprensa especializada, grupos ecologistas, associações de pescadores, agentes de turismo e todos aqueles agentes sociais implicados na gestão e conservação dos peixes migradores.

Programa

O encontro terá lugar em horário de 16:45 a 19:30 horas na Biblioteca Municipal de Vila Nova de Cerveira, com um programa no que discutir-se-ão temas relacionados com a gestão e conservação das populações de lampreia, enguia, sável e savelha, salmão e a forma migradora da truta comum do troço internacional do rio Minho.

Migranet

O projecto, coordenado pela Estação de Hidrobiolgía “Encoro do Con” da Universidade de Santiago de Compostela (Espanha), conta também com a colaboração como parceiros da Dirección Xeral de Conservación da Natureza da Xunta de Galicia (Espanha), a Fundação Centro de Estudos Euro-Regionais Galiza – Norte de Portugal (Espanha), o Institut National da Recherche Agronomique (INRA) da França e, como associado, o Aquamuseu do Rio Minho da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira.

Para mais informação sobre as atividades e resultados do projecto está disponível a página web: http://www.migranet.org.es

Advertisements

Deixar unha resposta

introduce os teu datos ou preme nunha das iconas:

Logotipo de WordPress.com

Estás a comentar desde a túa conta de WordPress.com. Sair / Cambiar )

Twitter picture

Estás a comentar desde a túa conta de Twitter. Sair / Cambiar )

Facebook photo

Estás a comentar desde a túa conta de Facebook. Sair / Cambiar )

Google+ photo

Estás a comentar desde a túa conta de Google+. Sair / Cambiar )

Conectando a %s

Categorías

%d bloggers like this: